Gênesis 24

Este capítulo fala de uma esposa para Isaque, o encontro de Isaque e Rebeca, e do casamento de Isaque e Rebeca

Capítulos:

Uma esposa para Isaque

1 E Abraão era velho, e cheio de dias; e o SENHOR havia abençoado a Abraão em tudo.

2 E disse Abraão a um criado seu, o mais velho de sua casa, que era o que governava em tudo o que tinha: Põe agora tua mão debaixo de minha coxa,

3 E te juramentarei pelo SENHOR, Deus dos céus e Deus da terra, que não tomarás mulher para meu filho das filhas dos cananeus, entre os quais eu habito;

4 Em vez disso irás à minha terra e à minha parentela, e tomarás mulher para meu filho Isaque.

5 E o criado lhe respondeu: Talvez a mulher não queira vir atrás de mim a esta terra; farei voltar, pois, teu filho à terra de onde saíste?

6 E Abraão lhe disse: Guarda-te que não faças voltar a meu filho ali.

7 O SENHOR, Deus dos céus, que me tomou da casa de meu pai e da terra de minha parentela, e me falou e me jurou, dizendo: À tua descendência darei esta terra; ele enviará seu anjo diante de ti, e tu tomarás dali mulher para meu filho.

8 E se a mulher não quiser vir atrás de ti, serás livre deste meu juramento; somente que não faças voltar ali a meu filho.

9 Então o criado pôs sua mão debaixo da coxa de Abraão seu senhor, e jurou-lhe sobre este negócio.

10 E o criado tomou dez camelos dos camelos de seu senhor, e foi-se, pois tinha à sua disposição todos os bens de seu senhor: e posto em caminho, chegou à Mesopotâmia, à cidade de Naor.

11 E fez ajoelhar os camelos fora da cidade, junto a um poço de água, à hora da tarde, à hora em que saem as moças por água.

12 E disse: SENHOR, Deus de meu senhor Abraão, dá-me, te rogo, o ter hoje bom encontro, e faze misericórdia com meu senhor Abraão.

13 Eis que eu estou junto à fonte de água, e as filhas dos homens desta cidade saem por água:

14 Seja, pois, que a moça a quem eu disser: Baixa teu cântaro, te rogo, para que eu beba; e ela responder: Bebe, e também darei de beber a teus camelos: que seja esta a que tu destinaste para teu servo Isaque; e nisto conhecerei que haverás feito misericórdia com meu senhor.

O encontro de Rebeca

15 E aconteceu que antes que ele acabasse de falar, eis que Rebeca, que havia nascido a Betuel, filho de Milca, mulher de Naor irmão de Abraão, a qual saía com seu cântaro sobre seu ombro.

16 E a moça era de muito belo aspecto, virgem, à que homem não havia conhecido; a qual desceu à fonte, e encheu seu cântaro, e se voltava.

17 Então o criado correu até ela, e disse: Rogo-te que me dês a beber um pouco de água de teu cântaro.

18 E ela respondeu: Bebe, meu senhor; e apressou-se a baixar seu cântaro sobre sua mão, e lhe deu a beber.

19 E quando acabou de dar-lhe de beber, disse: Também para teus camelos tirarei água, até que acabem de beber.

20 E apressou-se, e esvaziou seu cântaro no bebedouro, e correu outra vez ao poço para tirar água, e tirou para todos os seus camelos.

21 E o homem estava maravilhado dela, permanecendo calado, para saber se o SENHOR havia prosperado ou não sua viagem.

22 E foi que quando os camelos acabaram de beber, presenteou-lhe o homem um pendente de ouro que pesava meio siclo, e dois braceletes que pesavam dez;

23 E disse: De quem és filha? Rogo-te me digas, há lugar em casa de teu pai onde possamos passar a noite?

24 E ela respondeu: Sou filha de Betuel, filho de Milca, o qual deu à luz ela a Naor.

25 E acrescentou: Também há em nossa casa palha e muita forragem, e lugar para passar a noite.

26 O homem então se inclinou, e adorou ao SENHOR.

27 E disse: Bendito seja o SENHOR, Deus de meu senhor Abraão, que não afastou sua misericórdia e sua verdade de meu senhor, guiando-me o SENHOR no caminho à casa dos irmãos de meu senhor.

28 E a moça correu, e fez saber na casa de sua mãe estas coisas.

29 E Rebeca tinha um irmão que se chamava Labão, o qual correu fora ao homem, à fonte;

30 E foi que quando viu o pendente e os braceletes nas mãos de sua irmã, que dizia, Assim me falou aquele homem; veio a ele: e eis que estava junto aos camelos à fonte.

31 E disse-lhe: Vem, bendito do SENHOR; por que estás fora? eu limpei a casa, e o lugar para os camelos.

32 Então o homem veio à casa, e Labão desatou os camelos; e deu-lhes palha e forragem, e água para lavar os pés dele, e os pés dos homens que com ele vinham.

33 E puseram diante dele comida; mas ele disse: Não comerei até que tenha dito minha mensagem. E ele lhe disse: Fala.

34 Então disse: Eu sou criado de Abraão;

35 E o SENHOR abençoou muito a meu senhor, e ele se engrandeceu: e lhe deu ovelhas e vacas, prata e ouro, servos e servas, camelos e asnos.

36 E Sara, mulher de meu senhor, deu à luz em sua velhice um filho a meu senhor, quem lhe deu tudo quanto tem.

37 E meu senhor me fez jurar, dizendo: Não tomarás mulher para meu filho das filhas dos cananeus, em cuja terra habito;

38 Em vez disso irás à casa de meu pai, e à minha parentela, e tomarás mulher para meu filho.

39 E eu disse: Talvez a mulher não queira me seguir.

40 Então ele me respondeu: O SENHOR, em cuja presença tenho andado, enviará seu anjo contigo, e fará teu caminho ser bem-sucedido; e tomarás mulher para meu filho de minha linhagem e da casa de meu pai;

41 Então serás livre de meu juramento, quando houveres chegado à minha linhagem; e se não a derem a ti, serás livre de meu juramento.

42 Cheguei, pois, hoje à fonte, e disse: SENHOR, Deus de meu senhor Abraão, se tu fazes bem-sucedido agora meu caminho pelo qual ando;

43 Eis que eu estou junto à fonte de água; seja, pois, que a virgem que sair por água, à qual disser: Dá-me de beber, te rogo, um pouco de água de teu cântaro;

44 E ela me responder, Bebe tu, e também para teus camelos tirarei água: esta seja a mulher que destinou o SENHOR para o filho de meu senhor.

45 E antes que acabasse de falar em meu coração, eis que Rebeca saía com seu cântaro sobre seu ombro; e desceu à fonte, e tirou água; e lhe disse: Rogo-te que me dês de beber.

46 E prontamente baixou seu cântaro de cima de si, e disse: Bebe, e também a teus camelos darei a beber. E bebi, e deu também de beber a meus camelos.

47 Então lhe perguntei, e disse: De quem és filha? E ela respondeu: Filha de Betuel, filho de Naor, que Milca lhe deu. Então pus nela um pendente sobre seu nariz, e braceletes sobre suas mãos;

48 E inclinei-me, e adorei ao SENHOR, e bendisse ao SENHOR, Deus de meu senhor Abraão, que me havia guiado pelo caminho de verdade para tomar a filha do irmão de meu senhor para seu filho.

49 Agora, pois, se vós fazeis misericórdia e verdade com meu senhor, declarai-o a mim; e se não, declarai-o a mim; e irei embora à direita ou à esquerda.

O casamento de Isaque e Rebeca

50 Então Labão e Betuel responderam e disseram: Do SENHOR saiu isto; não podemos falar-te mal nem bem.

51 Eis aí Rebeca diante de ti; toma-a e vai-te, e seja mulher do filho de teu senhor, como o disse o SENHOR.

52 E foi, que quando o criado de Abraão ouviu suas palavras, inclinou-se à terra ao SENHOR.

53 E o criado tirou objetos de prata, objetos de ouro e roupas, e deu a Rebeca: também deu coisas preciosas a seu irmão e a sua mãe.

54 E comeram e beberam ele e os homens que vinham com ele, e dormiram; e levantando-se de manhã, disse: Autorizai-me voltar a meu senhor.

55 Então respondeu seu irmão e sua mãe: Espere a moça conosco ao menos dez dias, e depois irá.

56 E ele lhes disse: Não me detenhais, pois que o SENHOR fez prosperar meu caminho; despede-me para que me vá a meu senhor.

57 Eles responderam então: Chamemos a moça e perguntemos a ela.

58 E chamaram a Rebeca, e disseram-lhe: Irás tu com este homem? E ela respondeu: Sim, irei.

59 Então deixaram ir a Rebeca sua irmã, e à sua criada, e ao criado de Abraão e a seus homens.

60 E abençoaram a Rebeca, e disseram-lhe: És nossa irmã; sejas em milhares de milhares, e tua geração possua a porta de seus inimigos.

61 Levantou-se então Rebeca e suas moças, e subiram sobre os camelos, e seguiram ao homem; e o criado tomou a Rebeca, e foi embora.

62 E vinha Isaque do poço do Vivente que me vê; porque ele habitava na terra do Sul;

63 E havia saído Isaque a orar ao campo, à hora da tarde; e levantando seus olhos, olhou, e eis os camelos que vinham.

64 Rebeca também levantou seus olhos, e viu a Isaque, e desceu do camelo;

65 Porque havia perguntado ao criado: Quem é este homem que vem pelo campo até nós? E o servo havia respondido: Este é meu senhor. Ela então tomou o véu, e cobriu-se.

66 Então o criado contou a Isaque tudo o que havia feito.

67 E trouxe-a Isaque à tenda de sua mãe Sara, e tomou a Rebeca por mulher; e amou-a: e consolou-se Isaque depois da morte de sua mãe.


Introdução ao Livro de Gênesis capítulo 24:

Este capítulo mostra a preocupação de Abraão em conseguir uma esposa adequada para seu filho Isaque, para o qual ele entrega o caso nas mãos de seu servo mais velho, e o faz jurar que não tomará uma dos cananeus, mas entre seus próprios parentes, que seu servo concordou, depois de ter a natureza de seu encargo e do juramento, explicado a ele, em que ele partiu para a Mesopotâmia, e chegando à cidade de Naor, e a um poço perto dela, ele orou por sucesso e desejou direção por um sinal, que lhe foi concedido, e perguntando à donzela, que respondeu ao sinal, de quem ela era filha, e se eles tinham espaço para ele em sua casa; e uma resposta agradável sendo retornada, ele deu graças a Deus que o havia dirigido e até agora havia feito sua jornada próspera, a donzela informando a seus pais quem e o que ela encontrou no poço, um irmão dela sai, e convida o servo a entrar, e o dá as boas-vindas, mas antes de comer qualquer coisa, ele diz sua missão que ele foi encontrado, a instância de seu mestre; como, ele havia orado por direção, e foi ouvido, e por isso ele deu graças, e então trata com as relações da donzela sobre seu casamento com o filho de seu mestre, com o qual eles concordaram, dando seus presentes presentes, trouxe consigo para a donzela e sua família, e comeu e bebeu com eles, e partiu na manhã seguinte, mas os amigos da donzela desejando que ela ficasse com eles alguns dias, e ele urgentemente partisse, o caso foi encaminhado a ela, e ela concordou em ir com ele diretamente,  sobre a qual eles a despediram com sua bênção, que sendo encontrado por Isaque no caminho, foi recebido e introduzido na tenda de sua mãe e casado por ele. Por: John Gill's.

Nenhum comentário:

Postar um comentário