Gênesis 40

história deste capítulo é a prisão de dois oficiais do Faraó, seu copeiro-chefe e padeiro-chefe.

Capítulos:

José interpreta os sonhos de dois prisioneiros

1 E aconteceu depois destas coisas, que o copeiro do rei do Egito e o padeiro transgrediram contra seu senhor o rei do Egito.

2 E irou-se Faraó contra seus dois eunucos, contra o principal dos copeiros, e contra o principal dos padeiros:

3 E os pôs em prisão na casa do capitão dos da guarda, na casa do cárcere onde José estava preso.

4 E o capitão dos da guarda deu responsabilidade deles a José, e ele lhes servia: e estiveram dias na prisão.

5 E ambos, o copeiro e o padeiro do rei do Egito, que estavam detidos na prisão, viram um sonho, cada um seu sonho em uma mesma noite, cada um conforme a declaração de seu sonho.

6 E veio a eles José pela manhã, e olhou-os, e eis que estavam tristes.

7 E ele perguntou àqueles oficiais de Faraó, que estavam com ele na prisão da casa de seu senhor, dizendo: Por que parecem hoje mal vossos semblantes?

8 E eles lhe disseram: Tivemos um sonho, e não há quem o declare. Então lhes disse José: Não são de Deus as interpretações? Contai-o a mim agora.

9 Então o chefe dos copeiros contou seu sonho a José, e disse-lhe: Eu sonhava que via uma vide diante de mim,

10 E na vide três sarmentos; e ela como que brotava, e surgia sua flor, vindo a amadurecer seus cachos de uvas:

11 E que o copo de Faraó estava em minha mão, e tomava eu as uvas, e as espremia no copo de Faraó, e dava eu o copo em mão de Faraó.

12 E disse-lhe José: Esta é sua declaração: Os três sarmentos são três dias:

13 Ao fim de três dias Faraó te fará levantar a cabeça, e te restituirá a teu posto: e darás o copo a Faraó em sua mão, como costumavas quando eras seu copeiro.

14 Lembra-te, pois, de mim para contigo quando tiveres esse bem, e rogo-te que uses comigo de misericórdia, e faças menção de mim a Faraó, e me tires desta prisão:

15 Porque furtado fui da terra dos hebreus; e tampouco fiz aqui para que me houvessem de pôr no cárcere.

16 E vendo o chefe dos padeiros que havia interpretado para o bem, disse a José: Também eu sonhava que via três cestos brancos sobre minha cabeça;

17 E no cesto mais alto havia de todos os alimentos de Faraó, obra de padeiro; e que as aves as comiam do cesto de sobre minha cabeça.

18 Então respondeu José, e disse: Esta é sua declaração: Os três cestos três dias são;

19 Ao fim de três dias tirará Faraó tua cabeça de sobre ti, e te fará enforcar na forca, e as aves comerão tua carne de sobre ti.

20 E foi o terceiro dia o dia do aniversário de Faraó, e fez banquete a todos os seus servos: e levantou a cabeça do chefe dos copeiros, e a cabeça do chefe dos padeiros, entre seus servos.

21 E fez voltar a seu ofício ao chefe dos copeiros; e deu ele o copo em mão de Faraó.

22 Mas fez enforcar ao principal dos padeiros, como lhe havia declarado José.


Introdução ao Livro de Gênesis - Capítulo 39

A história deste capítulo é a prisão de dois oficiais do Faraó, seu copeiro-chefe e padeiro-chefe, que pelo capitão da guarda foram encarregados de José, ambos sonharam na prisão, o que os deixou tristes; José percebendo a tristeza deles, perguntou o motivo disso e os encorajou a contar-lhe seus sonhos, o mordomo-chefe contou seu sonho da videira e três ramos, que José interpretou de sua restauração ao seu cargo dentro de três dias, e desejou que ele se lembrasse dele ao Faraó quando estivesse diante dele, contando-lhe seu caso, então o padeiro-chefe contou seu sonho de três cestos brancos de comida em sua cabeça, que os pássaros comeram, e isso José interpretou como sendo enforcado em três dias, e os acontecimentos responderam à interpretação, mas José foi esquecido pelo mordomo-chefe. Por: John Gill's.

Nenhum comentário:

Postar um comentário